ACP empata com Cianorte em 01 x 01, com final eletrizante

Um primeiro tempo, pegado, bem disputado e com forte marcação, mas mesmo com algumas jogadas em velocidades realizadas pelos dois times, faltou qualidade nas finalizações. A parte negativa do jogo, foi a falta de controle do jogo pela arbitragem, demonstrando não estar em condições físicas exigidas pela correria da partida, tendo dificuldades em estar perto dos lances, precisando algumas vezes se confundindo na interpretação das jogadas, tendo inclusive de consultar os auxiliares.

No segundo tempo, o Cianorte retorna pressionando em busca de abrir o placar e o vermelhinho vai segurando e o árbitro continua complicando, com interpretações duvidosas em vários lanches.

Aos 35 minutos o Cianorte consegue abrir o placar, com o atacante Bruno Andrade.

Após o Cianorte abrir o placar, o ACP inicia uma saga em busca do gol de empate, tendo que além de administrar o Cianorte, ter que suportar uma péssima equipe de arbitragem.

Aos 49 minutos, Lucas Lima que em uma ótima jogada individual, busca o gol e é duramente derrubado, e é marcado uma falta perigosa a favor do ACP. Na cobrança aos 51 minutos, Allan Cajati se apresenta e bate muito bem na bola, lançando na pequena área, e cria uma confusão e no bate rebate, Ramón que estreava com a camisa do vermelhinho coloca para dentro e coloca o ACP em igualdade no placar, dando um resultado digno do confronto em campo.

O técnico Lio Evaristo, colocou o ACP em campo com muitas dificuldades, faltando 04 titulares, mas o elenco que entrou em campo jogou com igualdade com o Cianorte e a derrota não seria um resultado justo, pois o elenco demonstrou raça, vontade e hombridade e nos minutos finais este gol de empate, foi a prova da determinação deste grupo em colocar o ACP na 1ª Divisão, e mesmo com tantas adversidades extracampo o time foi vitorioso em trazer este ponto para casa.  

Após este jogo, esperamos que a cidade de Paranavaí, através do seu torcedor, abrace este time, que está honrando nossas cores, mesmo não tendo a devida reciprocidade e muito menos apoio, nem de órgãos públicos e nem particulares, sendo que atualmente, as mínimas necessidades estão sendo resolvidas, por um grupo de abnegados que tem a seu favor a vontade, e não estão medindo esforços para tentar resolver os problemas financeiros, mas diante do grau de dificuldades que se atingiu, não está sendo suficiente apenas ter vontade, pois o que se precisa é de DINHEIRO, pois o time já demonstrou qualidade, e agora esperam uma resposta positiva da cidade de Paranavaí e região.

Nossa cidade entra no mapa, quando o vermelhinho entra em campo e quando a imprensa fala sobre o time, não diz ACP e sim PARANAVAÍ!

 

O JOGO: CIANORTE FC x ACP – sábado (02.04.16), às 19h30 – No Estádio Municipal Albino Turbay

Com 15 minutos de jogo, um jogo sem criação de chances reais de gols, por nenhum dos clubes.

Uma forte marcação no meio campo do vermelhinho, segura o Cianorte em seu campo.

Aos 25 minutos, um erro no ataque do ACP, o Cianorte aproveita a falha e parte em velocidade, chutando corte contra o gol do ACP, fazendo o goleiro Cesar a fazer uma ótima defesa, cedendo escanteio.

Aos 29 minutos, o Cianorte, faz outro bom ataque e quase abre o placar, mas o zagueiro Ramon, chuta no último momento afastando o risco de gol.

Aos 39 minutos, o ACP tem uma boa chance com Chimbinha, mas o placar continua em zero a zero, mantendo a forte marcação pelos dois times.

Aos 43 minutos, o ACP chega novamente ao gol com boa jogada com Rilber que lança para Chimbinha que está adiantado e perde o tempo da bola, e o ACP perde uma ótima chance de abrir o placar.

Aos 45 minutos uma falta perigosa a favor do ACP, mas na cobrança a zaga do Cianorte tira de qualquer jeito, afastando o risco de gol.

 

No retorno ao segundo tempo, sem mudanças pelos técnicos.

Aos 05 minutos uma falta perigosa a favor do Cianorte, mas na cobrança a bola a zaga afasta o risco de gol, mas a bola volta para o jogo e o ataque do Cianorte chuta forte, mas a bola sai pela linha de fundo.

Aos 09 minutos, o ACP tem uma ótima jogada entre Allan Cajati e Chimbinha, que é interceptado no último momento pela zaga do Cianorte, cedendo escanteio e o ACP perde uma chance clara de abrir o placar.

Aos 15 minutos um erro de interpretação vergonhosa do árbitro, por desconhecimento de regra, quase complica a situação do ACP, que entende que a bola recuada de cabeça pelo zagueiro Pedro ao goleiro Cezar, que domina com o pé, e com a aproximação do atacante do Cianorte, segura a bola com a mão, e o árbitro marca tiro livre indireto. Mas por sorte na cobrança a bola é afastada pela zaga do vermelhinho.

Aos 21 minutos um escanteio para o ACP, um bate rebate, Chimbinha chuta, mas o goleiro do Cianorte consegue evitar o gol.

Aos 35 minutos uma bola perdida no meio campo, o Cianorte avançou e lançou para Bruno Andrade e escolhe o canto, abrindo o placar para o Cianorte, ficando Cianorte 01 x 00 ACP.

Aos 39 minutos o ACP perde um gol claro, e a chance de abrir o placar para o vermelhinho.

Aos 46 minutos uma falta perigosa a favor do ACP, na cobrança a jogada é interrompida com a marcação de impedimento do ataque do vermelhinho.

Aos 49 minutos, uma boa jogada com Lucas Lima, recebe uma falta perigosa. Aos 51 minutos na cobrança Allan Cajati, bate muito bem na bola e cria uma confusão na área e no bate e rebate, a bola bate na trave, Ramón ligado, coloca para dentro do gol e empata o jogo, ficando o placar Cianorte 01 x 01 ACP.

Um final de jogo dramático para o vermelhinho, mas o empate demonstra a garra, a determinação, e a vontade de buscar o resultado e o quanto este grupo tem a marca de hombridade e seriedade.

 

Elenco do Cianorte FC: João Gabriel, Gilberto (Diego Moura), Breno, Marcelo, Willian, Sidnei, Davi (Cris), Xavier; Gustavo (Bruno Andrade), Eder Paulista, Valdo

Técnico: Paulo Turra

 

Elenco do ACP: Cezar; Allan Cajati, Pedro, Erwin, Ramón, Luan Cardoso (Lucas Lima), Joziel, Dadá, Jeferson (Soto), Chimbinha, Rilber (Iranilson).

Técnico: Lio Evaristo

 

Cartão amarelo Cianorte: Gilberto, Éder Paulista, Bruno Andrade, Davi, Diego Moura, Cris.

Cartão amarelo ACP: Pedro, Chimbinha, Dadá, Cezar, Joziel

 

Gol Cianorte: 35 min – 2º Tempo - Bruno Andrade

Gol ACP: 51 min – 2º Tempo - Ramón

 

Equipe de arbitragem:

Árbitro: Marcos Vinicius Soares Martins

1º assistente: Cícero Aparecido da Silva

2º assistente: Denise Akemi Simões de Oliveira

4º árbitro: Marcio Augusto da Silva

Representante: Luci Fátima Padilha

Assessor: Afonso Vitor de Oliveira

O ACP folga na 7ª rodada, e retorna na 8ª rodada, jogando em casa, quando recebe o Grêmio Maringá, no dia 17.04.16, às 15h30 no Estádio Municipal Waldemiro Wagner.

 

Renda: R$ 5.470,00