ACP empatou em 1 x 1 na 1ª partida contra o Cianorte

Um jogo pegado, duro, de estudos, tentativas de estratégias, com os dois lados tentando encontrar uma saída, mas a única coisa que acontecia, era as jogadas duras, faltas e um árbitro omisso, aliás nada de muito diferente e que no fundo já sabíamos.

Aos 36 minutos, após cobrança de escanteio, um atleta do Cianorte estrategicamente encostado no segundo pau dentro da pequena área, avança sobre o goleiro César no momento da batida, derrubando  e tirando o goleiro do lance, e na sobra com a zaga do ACP, confiante na marcação da falta encima do goleiro do vermelhinho, que claro não ocorreu, Celsonil praticamente livre colocou para dentro das redes, abrindo o placar para o Cianorte, com o gol vergonhosamente validado pelo 1º assistente e pelo árbitro da partida.

O ACP, não se intimidou e partiu pra cima do Leão, e aos 41 minutos após Rilber tirar a zaga do Cianorte para dançar em dois lances seguidos com uma bela jogada individual, avançou para grande área, levantou a cabeça e serviu na medida para que Ramón, cabeceasse e colocasse a igualdade no placar, ficando ACP 01 x 01 Cianorte.

Falar sobre o segundo tempo, seria apenas para elencar as inúmeras falhas, que é difícil acreditar que tenha sido apenas por pura incompetência da equipe de arbitragem, pois as falhas como sempre contra o time da casa, que parecia estar em campo visitante, tanto foram as inversões na interpretação dos lances, e nas raras vezes em que marcava alguma falta a favor do ACP até provocava surpresas, inclusive já nos últimos lances, uma falta perigosa próximo da grande área, só foi marcada porque o 1º assistente ergueu a bandeira, porque o árbitro estava longe dos lances, como na maioria das vezes.

Quando iniciei este texto para falar sobre o jogo, pensei se deveria ou não enfatizar sobre a fragilidade na qualidade da arbitragem para um jogo tão importante, mas decidi não me omitir, porque se em casa, fomos tratados assim, estou me perguntando, em como será em Cianorte? Recorrer a alguém? A quem?? Não queremos ninguém nos ajudando, porque mesmo com a atuação forte no tapetão, demonstramos que seguimos na luta com determinação e dignidade, mas o que sinto é que somos tão fortes, que os adversários, contam sempre com mais ajuda, além dos onze adversários em campo.

Não é isso que vai tirar o foco da partida de volta do mata-mata da Segundona 2016 em Cianorte, no próximo domingo (08.05.16).

A igualdade no placar neste 1º confronto de 01 x 01, nos dá força para buscar um resultado positivo e contar com o apoio de seu torcedor fora de casa. Caso o jogo encerre com outro empate, a partida será decidida nas penalidades e aí, segura o coração, porque aqui a adrenalina já tomou conta dos torcedores que compareceram e lá, não será diferente.

O vencedor do confronto no estádio Municipal Albino Turbay, segue nas quartas de final da Segundona do Futebol Paranaense 2016.

 

Elenco do ACP: César, Allan Cajati, Fabricio, Henrique, Cleverson, Ramón, Joziel (Erwvin), Dadá, Eduardo (Iranilson), Sotto (Chimbinha), Rilber.

Elenco do Cianorte: João Gabriel, Celsonil, Carlos Breno, Mauricio, Jovany, Willian, Rafael Xavier (Bruno Andrade), Sidnei, Erivaldo, Davi (Ederson), Rodrigo (Thiago).

 

Gol ACP: 41 min – 1º Tempo Ramón

Gol Cianorte: 36 min – 1º Tempo - Celsonil

 

Cartões amarelos ACP: Joziel, Cleverson
Cartões amarelos Cianorte: Jovany, Willian

Cartão vermelho ACP: Marcos

Pagantes: 494 – Livres: 189
Renda: R$ 9.070,00
Despesas Federação: Arbitragem e taxas: R$ 7.188,00